Hotel Primavera - Bento Goncalves - Vale dos Vinhedos



 


Não diga que veio para Bento Gonçalves e não tem nada para fazer. Aqui propomos um pequeno roteiro de passeios para melhor conhecer a cidade, vale dos vinhedos e seus pontos turísticos:

Tour Uva e Vinho
Tour Mamma-Mia
Tour Cultural

Parque de Eventos (Fundaparque) -a 7 min
Agências de Receptivo

Acesse o Guia Bento pelo seu telefone:




 


Conheça o Hotel Primavera
 



 
 


Localizaçao privilegiada, no centro de Bento Gonçalves, no coração da cidade você estará próximo a todos os pontos turísticos, bem como ponto de taxi e ônibus, rodoviária, agência de turismo e o shopping Bento.

 

Ligue para nós:
fone/fax 54 3451 2125

fone/fax 54 3451 1495

 

Venha nos conhecer:
Av. Cândido Costa 173 - Centro
Bento Gonçalves / CEP 95700-000
Rio Grande do Sul - Brasil
contato@hotelprimavera.com.br
reserva@hotelprimavera.com.br

Descubra como chegar ao Hotel Primavera

Conheça nossos apartamentos e o que podemos oferecer para agradar sua estada:
Standard Especial Superior

 




Leia o Blog
 
     
 
       


Para melhor aproveitar seu tempo ou o tempo de seu grupo propomos alguns passeios e atrativos para disfrutar ao máximo sua estada na nossa cidade e região.
Faça sua reserva para mínimo dois dias e consiga aproveitar um pouco de toda a cultura italiana que nossos antecedêntes deixaram na região. 
Veja galeria de fotos
Conheça alguns vídeos promocionais
Saiba mais sobre a cidade

Fique atento ao pequeno guia de gastronomia para melhorar seu passeio:
Cafés e produtos coloniais
Fast Food
Pizzarias
Restaurantes




     
Visit Hotel Primavera's profile on Pinterest.  
Tour Mamma-Mia

Quando se fala em Bento Gonçalves, na Serra Gaúcha, imediatamente lembramos de vinho, do Vale dos Vinhedos mais precisamente. Mas você já ouviu falar dos Caminhos de Pedra?


O Caminhos de Pedra é um projeto pioneiro de turismo rural e cultural que resgata a herança dos imigrantes italianos que chegaram à região em 1875. Trata-se de uma rota de cerca de 7 km que passa por antigas casas de pedra e madeira, com 15 pontos de visitação e 56 pontos de observação.

Os pontos de visitação são pequenos comércios, pequenos produtores, vinícolas, restaurantes e até mesmo um ateliê de escultura. Em alguns lugares é cobrada uma taxa simbólica para acesso. Os pontos de observação são de arquitetura e de paisagem.

O resgate cultural não se restringe apenas ao aspecto arquitetônico: ele se estende ao dialeto, às artes manuais, às expressões artísticas de dança e canto. É o legado italiano no Brasil. Tudo isso torna o Caminhos de Pedra um verdadeiro “museu vivo”, que foi declarado em 2009 Patrimônio Histórico e Cultural do Rio Grande do Sul.

Chamado de Via del Vino, o tour histórico percorre 13 pontos, todos localizados na Rua Marechal Deodoro, durante 40 minutos. O passeio começa no Centro de Atendimento ao Turista, com apresentação de um vídeo sobre a cidade e seus roteiros. Em seguida, tem início a caminhada, percorrendo sobrados que abrigaram famílias tradicionais e prédios que funcionaram como bancos e clubes, além de espaços como o Santuário de Santo Antônio, a Praça Walter Galassi e a Prefeitura Municipal.

Defronte ao Palácio Municipal, está situada a famosa “La Fontana”, chafariz onde jorra água na cor de vinho. Imperdível, como todas as outras atrações deste roteiro que você vai conhecer agora.

A animada viagem de duas horas leva à cidade de Carlos Barbosa, com parada em Garibaldi feita pela Maria-Fumaça. O embarque acontece durante uma degustação de vinhos e, ao longo do percurso de 23 quilômetros, grupos folclóricos percorrem os vagões cantando e dançando músicas típicas. A recepção em Garibaldi é feita com mais tarantela e regada a espumante e suco de uva. Os passeios acontecem às quartas e aos sábados e é necessário fazer reservas (dependendo da época do ano, há saídas quase todos os dias).




 
Tour Mamma-Mia | Tour Uva e Vinho | Tour Cultural Voltar ao Início



Tour Uva e Vinho

Saborear e conhecer um pouco mais sobre os vinhos da região, sua história, cultivo, produção e claro e não menos importante, degustar as melhores variedades da região.

Todas as vinícolas da região oferecem degustações gratuitas de vinhos branco, tinto e espumante, além de vendas a varejo. Em muitas há enólogos para acompanhar as visitas que começam nas parreiras e terminam com um brinde depois de passar por tanques de inox e corredores tomados por barris de carvalho.

A maioria dos estabelecimentos está concentrada no Vale dos Vinhedos, uma área de 82 quilômetros quadrados, recortada por estradinhas e emoldurada por colinas, araucárias e parreirais. Também nos distritos de Tuiuty, Faria Lemos e Pinto Bandeira há excelentes vinícolas.

   

A conquista da Indicação de Procedência Vale dos Vinhedos tornou-se garantia de origem com qualidade do Vale dos Vinhedos. Este título trouxe enormes vantagens para o viticultor e vinicultor, especialmente para os consumidores e visitantes do Vale.

O Vale dos Vinhedos, localizado entre os municípios de Bento Gonçalves, Garibaldi e Monte Belo do Sul, é a primeira região do Brasil a obter Indicação de Procedência de seus vinhos finos, exibindo o Selo de Controle em vinhos e espumantes elaborados


pelas vinícolas associadas.

O Vale dos Vinhedos foi a primeira região com classificação de Denominação de Origem (DO) de vinhos no país. Sua norma estabelece que toda a produção de uvas e o processamento da bebida seja realizada na região delimitada do Vale dos Vinhedos.

   

Por volta de dez anos atrás o Brasil conhecia sua primeira região com denominação de origem controlada (DOC), o Vale dos Vinhedos no Rio Grande do Sul. A partir daí, movimentos para criar novas regiões com a proposta de se obter produtos genuínos, com procedência certificada, com um padrão mínimo de qualidade na vinicultura se tornaram mais comuns. Atualmente em nosso país, são conhecidas três DOCs, o Vale dos Vinhedos, Pinto Bandeira, ambos no RS e, Vales da Uva Goethe em SC, porém outras iniciativas estão em andamento como, por exemplo, a Altos Montes, também no RS.



Doc Vale dos Vinhedos




 
Tour Mamma-Mia | Tour Uva e Vinho | Tour Cultural Voltar ao Início



 
 

 
 
Tour Cultural

Região das hortências

Conhecida como a Regiãpo das Hortências, Nova Petrópolis, Gramado e Canela, é uma das regiões da Serra Gaúcha que preserva as tradições da imigração alemã.

A região serrana que engloba Gramado e Canela é realmente linda e acolhedora. A distância entre essas suas cidades é facilmente superada por uma charmosa avenida de aproximadamente 6 km, cheia de lojas de chocolates, cafés coloniais, restaurantes e lojas de roupas e móveis.
Gramado é especial. A arquitetura da cidade lembra uma cidade európeia. A rua principal, Borges de Medeiros, abriga vários hoteis e também as principais lojas. Ali é possivel comer bem, passear por diferentes lojas, ver gente bonita no calçadão e ainda saborear diferentes chocolates próprios da cidade .

Vale do Rio das Antas

O roteiro contempla um dos mais bonitos cenários naturais de Bento Gonçalves. Neste trajheto encontram-se a Ponte Ernesto Dorneles, uma das maiores do mundo em arcos paralelos.
Chega-se ao Vale do Rio das Antas percorrendo uma estrada sinuosa, com belvederes para apreciar a belíssima vista do Vale. No trajeto, podem ser adquiridos produtos da região, como frutas, embutidos, geléias, sucos, licores e vinhos.



 
Tour Mamma-Mia | Tour Uva e Vinho | Tour Cultural Voltar ao Início

Veja maiores informaçoes, outros passeios e atrativos.
 





 
Veja nosso Instagram




   

Hotel Primavera - Venha nos visitar, seja bem vindo

Telefone: (54) 3451-2125 / (54) 3451-1495
Endereço: Av. Cândido Costa, 173 - Centro - Bento Gonçalves, RS - Brasil
Email:  contato@hotelprimavera.com.br
Site:  http://www.hotelprimavera.com.br/

 


 

 

 

     
     

 

Champanhe: feita de uvas tintas?

Além de ser produzida a partir de uvas do tipo chardonnay (branca), a bebida, sinônimo de sofisticação e elegância, também é extraída das uvas pinot noir e pinot meunier (pretas). E mais: somente os vinhos produzidos na região de Champagne, na França, podem receber o título de ‘champagne', Qualquer outro, fabricado em outros lugares do mundo, deve ser comercializado como espumante.

 

Quantas uvas são necessárias para produzir uma garrafa de vinho?

Em média uma garrafa contém cerca de 600 uvas.

 

Por que a garrafa de vinho deve ficar na horizontal e não na vertical?

Isso se explica pelo fato de que, se mantida na vertical, o vinho não entrará em contato com a rolha, geralmente feita de cortiça, uma fibra vegetal. O contato da rolha com o vinho potencializa o processo de vedação, impedindo assim a entrada de ar na garrafa e, por conseqüência, sua acidificação ou “avinagramento”.

 

Problemas com vinhos?

Há vários defeitos que podem comprometer a qualidade dos vinhos. Os mais comuns são:

• bouchonné ("rolhado", em francês) – um fungo se instala na rolha e deixa o vinho com sabor de papel molhado.

• oxidado – o vinho, de alguma forma, entra em contato com o ar e perde gradativamente suas características, podendo estragar em até 24h.





 

 

 



 

 

Vinho e Chocolate: combinação inusitada!

Uma trufa de chocolate amargo, polvilhada com cacau em pó, ou salpicada com castanhas, escolta, surpreendentemente bem, um belo Cabernet Sauvignon ou um Malbec mais estruturado.


E se o chocolate for meio amargo, talvez um Porto, que ainda tem taninos mais estruturados para combinar com o leve amargor do chocolate e doçura suficiente para acompanhar o doce.


Resumindo, chocolate vai bem (e muito!) com vinhos. Só é preciso saber escolher o tipo do chocolate e o tipo do vinho.

 
 



Mapa mostra distâncias entre o Hotel Primavera e alguns dos passeios e atrativos de Bento Gonçalves.
Veja o mapa Hotel Primavera em um nova janela.





 



Saiba mais sobre Bento Gonçalves


 














 

Central de Atendimento Listar Feiras e Eventos